sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

Pinta-amores (5)


2 comentários:

Nada disse...

amor que o tempo apagou...

Rui Espírito Santo disse...

Teria eu uns 13 anitos, vinha da escola e para cortar caminho fazia uma parte do trajecto por uma linha férrea por sobre as travessas !
Qual não é o meu espanto, quando começo a ver escrito nas travessas de madeira : "Amo-te, Rui" ! rsrs
Calculam como me senti lá do alto dos meus 13 anos a pensar (e julgar saber) quem pudesse ter sido a autora ? ... eheheh
.