quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

Alfabeto do livros - F


Isabel Allende está entre as minhas autoras favoritas. Nunca me desiludo com a sua escrita. E graças ao meu poder de esquecimento, este já merecia uma segunda leitura.

10 comentários:

Tétisq disse...

Também li há uns anos e gostei!

Catarina disse...

O primeiro livro que li desta autora foi a Casa dos Espíritos e em espanhol por não encontrar em português. Gostei tanto que comecei a ler todos os seus livros com a exceção de Cartas a Paula (e continuo a não querer ler este) e o Caderno de Maya apenas porque me esqueci. Vou já requisitá-lo.

Pedro Coimbra disse...

Falcão de Malta, de Dashiell Hammett

ematejoca disse...

A Isabel Allende não está entre as minhas autoras favoritas, no entanto, não quero perder o seu último romance:

"El Juego de Ripper"

e o seu primeiro romance policial!!!

Arco Iris disse...

Gosto imenso da sua maneira de escrever.
Não tenho a certeza se já li esse, o título não me é de todo desconhecido.
Bom Fim de semana

ematejoca disse...

FAHRENHEIT 451

Ray Bradbury escreveu este romance em 1953, mas é um daqueles romances intemporais, cujas ideias não são indiferentes à conjuntura de 2014.

ematejoca disse...

Falcão de Malta, de Dashiell Hammett, não li o livro, mas adoro o filme baseado neste romance policial.

Existe Sempre Um Lugar disse...

Boa tarde,
Isabel Allende tudo que escreve é real, faz que possamos viver e pensar sobre as suas palavras.
Abraço
ag

Benó disse...

Para a letra F escolhi o livro de Inês Pedrosa que me fez sentir saudades de alguém que partiu - Fazes-me Falta.

Ana disse...

também gosto muito, aliás, os escritores da América Latina são muito bons, têm uma escrita muito própria, que eu gosto muito.