quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

Negócio

Considerando a existência em Portugal de gente criativa e de terras com nomes bem originais, não compreendo como é que não se criam por cá bons negócios como o deste jovem francês.


6 comentários:

Rosa dos Ventos disse...

Não acordes as moscas! :)
É que há cada nome...

Abraço

Briseis disse...

Alguém disse: génio ou artista não é quem pinta um quadro, mas quem consegue vendê-lo. E mai nada.

Daniel C.da Silva (Lobinho) disse...

Nós temos jovens e não só empreendedores e com belíssimas ideias, desde a tecnologia a coisas menos ortodoxas... neste caso parece-me é que o êxito foi mesmo muita sorte... ;)

Rui Pascoal disse...

Por cá sempre houve bons negócios... os lucros é que estão mal distribuídos.
:)

Pedro Coimbra disse...

Vender isto em Pequim devia dar uma fortuna!!!
BFDS!!

Graça Sampaio disse...

Eheheheheheh....

Beijinhos frescos!