quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Jardins da Gulbenkian


Voltei aos jardins da Gulbenkian numa tarde de domingo. Fazia sol e passando por entre as sebes espessas que ladeiam os muitos caminhos daquele espaço lembrei-me de como, por vezes, eu e as minhas amigas apressávamos o passo para fugir de um exibicionista que costumava surpreender-nos por ali.

Corríamos para o espaço aberto junto ao lago. Sentávamo-nos na relva e abríamos os cadernos de apontamentos ou as fotocópias dos textos recomendados. Era um dos nossos “gabinetes” de estudo mas também de lazer. Ficávamos à conversa, fazíamos sessões fotográficas. Projetávamos o futuro.

Voltei aos jardins da Gulbenkian e parei sobre os passadiços de betão para fotografar os patos. Os mesmos passadiços onde eu própria, há cerca de 30 anos, me sentei a posar para a fotografia.

Naquela tarde vi a mesma luz, as mesmas cores de há 30 anos, mas, talvez por ser um domingo à tarde, faltava o sossego desses tempos.

Junto ao lago crianças alegres e ruidosas atiravam migalhas aos patos. Um rapaz e uma rapariga desenhavam e pintavam. Uma mulher sentada num pequeno banco tricotava velozmente. Casais de namorados esquecidos do mundo preenchiam o relvado. Pequenos grupos palmilhavam os seus passeios domingueiros. Um fotógrafo fazia concorrência ao meu amadorismo e ocupava o ponto que eu pretendia captar.

Voltei aos jardins da Gulbenkian numa tarde de sol e mirei-me no espelho do tempo.


9 comentários:

El Matador disse...

e a foto ficou boa.

AC disse...

Saudades, nostalgia, um quase convite ao balanço da vida...

Um bom ano, Luísa!

Catarina disse...

Bonitas fotos.
Há muito, muito tempo que não passo por lá. Nunca foi um dos meus gabinetes de estudo. : )
Feliz Ano Novo.

Briseis disse...

Que passeio maravilhoso!

ariel disse...

Amadorismo? Belissimas fotos Luisa. Vou lá para a semana antes do encerramento da exposição de pintura "A natureza morta na Europa".

Votos de um Bom Ano Novo.

Beijinho

Teté disse...

Os jardins da Gulbenkian também fazem parte das minhas recordações, mas não como poiso de estudo. Utilizei uma vez ou outra a biblioteca, só isso!

Obviamente aos domingos o espaço é muito mais frequentado, ao dia de semana mais calmo. E sim, tiram-se lá belíssimas fotografias... :)

Vi a exposição de que fala a Ariel e é um must. Não espreitaste? ;)

Beijocas e Feliz 2012!

Luisaeadriano disse...

Olá .
Um sitio muito bom para descontrair .
Gostamos muito do cantinho .
Um bom 2012 .
Vamos andar por aqui com carinho e amor .
luisaeadriano

luisa disse...

El Matador,
Obrigada...

AC,
Bom ano!

Catarina,
Pois eu levei estes anos todos sem lá ir...
Bom Ano também :)

Bríseis,
Foi bem agradável, sim senhora :)

ariel,
Obrigada no que toca à apreciação das fotos... e um bom ano também!

Teté,
Andei só mesmo pelos jardins enquanto o meu filho fazia alguns desenhos (trabalhos de casa e não cheguei a entrar. Não vi por isso a exposição.

Feliz 2011, também!

Luisaeadriano,
Obrigada pela visita e votos de bom ano!

Isa GT disse...

Não ficam muito longe daqui, e todos os jardins de Lisboa fazem falta, recantos sossegados numa cidade cada vez mais barulhenta e poluida :)

Bom ano de 2012

Bjos