sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Para adoçar o dia... clafoutis de uvas

Há dias comentei uma tarte de morangos da Isa GT, prometendo deixar aqui a receita de uma tarte de uvas que tinha feito pouco tempo antes do seu post. Na resposta ao comentário ela prometeu a receita dela em troca. Vamos então ver se isto resulta. Na verdade esta “especialidade” é uma coisa que fica a meio caminho entre a tarte e o pudim. Roubei-a aos franceses e fiz mais ou menos assim:

Comecei por untar uma forma de tarte com margarina. Liguei o forno a 180º para ir aquecendo. De seguida arranjei as uvas cortando os bagos ao meio e retirando-lhes as grainhas. Forrei com elas o fundo da tarteira. Misturei uvas brancas e pretas.

Coloquei 100 g de farinha num recipiente, juntei 180 g. de açúcar e mais um pacotinho (20 g) de açúcar baunilhado. Acrescentei 4 ovos e bati bem a mistura. Por fim, fui juntando aos poucos 40 cl. de leite. Deitei este preparado sobre as uvas e levei ao forno cerca de 40 minutos.

Et voila!





Só espero que a Isa GT resolva depressa o seu problema informático para eu lhe poder cobrar a receita da tarte de morangos...

7 comentários:

Catarina disse...

Olha que me parece apetitosa!
Por onde tens andado?
Ah! Não me digas que me esqueci do teu passeio de domingo... vou ver.
Abraço.

Teté disse...

Hummm, tem um óptimo aspecto, parece um merengue com uvas! Hei-de experimentar. embora não seja muito de fazer doces... :)

Beijocas e bom fim de semana!

Margarida disse...

Que aspecto tem esse clafoutis! :) beijinhos

conchita disse...

Já a comia toda, lol!!!
Bom fim de semana :)

redonda disse...

Penso que para seguidores poderem "opinar" seria necessário enviar, a cada um, uma pequena tarte! E estou pronta a enviar a minha morada para o efeito :)
um beijinho e bom fim-de-semana

Isa GT disse...

Finalmente... ainda vim a tempo da tarte... estava a ver que até a virtual me estava negada :)))
Ora a tua é clafoutis a minha era tarte... é mais o trabalho de forrar a forma com massa antes de pôr o recheio:
125 margarina, 125 de açúcar em pó e 2 ovos pequenos, 125 de miolo de amêndoa bem moído e 25ml de rum ou frangélico.
Forrar a tarteira com a massa e pincelar o fundo com compota, deitar o preparado anterior e, por fim, pôr as frutas(calcá-las até metade), no meu caso morangos mas podem ser amoras, framboesas ou mistura de várias bagas...
No forno a 180 graus durante 30 a 40 minutos, até estar lourinha e depois de feita pincelar novamente com compota ou geleia para ficar bem brilhante :)

A massa que forra a tarteira, suponho que lhe chamam brisée, pode ser feita com 375 farinha, 50g açúcar em pó, 200g de margarina e 1 ovo... levar ao frigorífico embrulhada em película aderente, em forma de rolo, e deixá-la a refrescar 1 a 2 horas, melhor 3.

A tua é mais prática e rápida, hei-de experimentar :)
Bjos

George Sand disse...

Acho que vou experimentar...e com pêra também deve ficar bom.