segunda-feira, 5 de maio de 2014

Pinta-amores (8)



Há amores para tudo...

11 comentários:

Jorge disse...

Olá, Luisa,
Uma controversa forma de amor.
Um abraço,
J

Rosa dos Ventos disse...

Devia ter sido um elemento do (des)governo!:)

Abraço

Rui Pascoal disse...

Ele há cada um...
:)

Ricardo Santos disse...

A seguir ao 25 de Abril, os "anarquistas" tinham dito espectaculares, estilo "Se o trabalho dá saúde, trabalhem os doentes", ou "Nem mais um faroleiro para as Berlengas".... Gostei desse !

redonda disse...

:)

Fê blue bird disse...

Os otários também têm direito ao amor :)

Depois de uma pausa necessária voltei para visitar os meus amigos e amigas.


Beijinho

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Cá p'ra mim isso foi escrito pelo Portas, ou pelo Coeho. Ou terá sido pela Marilú?

Existe Sempre Um Lugar disse...

Bom dia,
Pintar paredes com amor, somos mesmo otários, é o que o cavaquismo tem feito da maioria dos portugueses mais desprotegidos.
Excelente apanhado.
Dia feliz
ag

http://momentosagomes-ag.blogspot.pt/

Pedro Coimbra disse...

A melhor de todas é:

"Deus não existe.
Assinado
Anarca"

Que teve a devida resposta:
"Anarca é estúpido
Assinado
Deus" :)))

Daniel C.da Silva (Lobinho) disse...

Gosto destas rebeliões... apesar de, sem dúvida, algumas serem mais interessantes e com sentido do que outras ;)

Teté disse...

Há amores estranhos, realmente... :)

E gostei muito das fotos do passeio de domingo, com os rosas e os lilases a prevalecerem nos coloridos...

Beijocas