sexta-feira, 8 de novembro de 2013

Das duas, uma

Ou eu estou a ficar muito esquisita ou as lojas não têm nada de jeito. É que não consigo comprar um trapinho novo.

9 comentários:

maria disse...

Já somos duas Luísa e acho isso já há bastante tempo :(

Beijinho :)

Catarina disse...

Aqui imperam os saldos. Montes de "trapinhos" giros! : )

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

É o governo a velar pelas suas poupanças, Luísa. Devia estar-lhes grata :-)))
Bom FDS

papoila disse...

Somos três!!!
Ainda não me entusiasmei com nada...e preciso de algumas coisas :)))
xx

Arco Iris disse...

Do mesmo mal me queixo eu ......
E às vezes compro e, depois não gosto....
:((

Mara Paz disse...

Eu ainda não me habituei a comprar no sul e muito menos em centros comerciais. Adoro viver no Algarve mas tenho saudades das lojas do norte.

Carla Pinto Coelho disse...

Sinto o mesmo. A maior parte das peças são desadequadas para mim, ou feias, ou demasiado caras. O pior é quando preciso mesmo de comprar roupa e não encontro nada que goste e me fique bem - recuso-me a comprar roupa só porque a moda me «obriga».

Graça Sampaio disse...

Concordo!! Eu queria uma saia. Só uma saia, porque eu só uso saias e só há calças e sainhas de vinte cm!

AC disse...

Luísa,
As lojas vendem cada vez menos, e tendem a defender-se. Logo, têm menos variedade. Também, quem a manda ter um gosto muito próprio? :)

Beijo :)