sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Criança


Quando passam 20 anos sobre a adopção pelas Nações Unidas da Convenção sobre os Direitos da Criança, deixo aqui um postal-poema que recebi da minha prima D., teria eu uns 10 ou 11 anos e que ficou religiosamente guardado na minha caixinha de tesouros. Gostei dele por fora, pelo poema que agora transcrevo, e por dentro pelos escritos que continha, o entusiasmo e o apreço com que me foi dirigido...a mim criança.
Cantiga quase de roda
Na roda do mundo,
Mãos dadas aos homens,
Lá vai o menino
Rodando e cantando
Cantigas que façam
O mundo mais manso,
Cantigas que façam
A vida mais doce,
Cantigas que façam
Os homens mais crianças
Thiago de Mello

Sem comentários: