domingo, 27 de dezembro de 2015

Poema

Sonhei com pedacinhos de papel coloridos. Estavam espalhados sobre a mesa.
Eram palavras tuas, justapostas. 
Palavras que ali, soltas e compostas, se liam como um poema de amor.

7 comentários:

Catarina disse...

Que esse sonho passe a ser uma realidade mesmo que por outros meios... : ))

Boa tarde de domingo, Luisa, sem acento! : )

Maria Eu disse...

Era um poema de amor!

Beijos, Luísa. :)

crazy40blog disse...

Talvez o sonho se transforme e voo... :)

papoila disse...

Que sonho tão bom...espero que se torne em realidade.
beijinhos

Briseis disse...

Com tão poucas palavras e tão simples, de descreve um bonito sonho =)

Susana Rodrigues disse...

Tão lindo, luísa!

O teu blogue é um lugar muito bonito.

Graça Sampaio disse...

Tão fofo... Tão bonito!